quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Natal sedia 8º Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce

Representantes do poder público, do setor privado e de organizações da sociedade civil se reúnem em Natal, de 27 a 29 de novembro, para o 8º Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce (PAD), que tem como tema “O Papel dos Estados, Municípios e Comunidades na Gestão Compartilhada dos Sistemas de Dessalinização”.

A abertura acontecerá as hoje (27), às 15 hs, no Hotel Praiamar, e vai contar com a presença do diretor do departamento de recursos hidricos e revitalização de bacias hidrográficas do MDR e coordenador nacional do PAD, Renato Saraiva, do governador em exercício, Antenor Roberto, do secretário estadual do meio ambiente e dos recursos hídricos, João Maria Cavalcanti, entre outras autoridades.

O objetivo do evento é fortalecer a integração das diversas instituições envolvidas na execução do Programa, além de capacitar os técnicos dos Núcleos Estaduais e representantes dos municípios e comunidades para a gestão dos sistemas de dessalinização.

O Encontro contará com a participação de representantes de órgãos federais, estaduais e municipais; organismos internacionais; Coordenadores Estaduais do Programa Água Doce; técnicos; empresas que atuam no tema da dessalinização; organizações da sociedade civil e representantes das comunidades atendidas pelo PAD nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe.

O evento será marcado pela assinatura de um pacto nacional que envolve dez estados do semiárido e pelo lançamento da primeira etapa do programa interministerial de formação profissional em sistemas de dessalinização, voltado especialmente para as comunidades beneficiadas pelo programa.

Já a assinatura do pacto entre nove estados do Nordeste e Minas Gerais servirá para formação de alianças institucionais entre gestores de diferentes esferas. O objetivo desse acordo é garantir a troca de saberes, de boas práticas e de soluções encontradas para lidar com aspectos locais e regionais.

Aqui no RN, O PAD é executado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).  O convênio firmado com o Governo do Rio Grande do Norte está investindo cerca de R$ 24 milhões na implantação de 103 dessalinizadores, em 49 municípios, beneficiando ao final em torno de 30 mil pessoas das comunidades mais vulneráveis aos impactos da mudança do clima no que diz respeito ao acesso à água. Das obras contratadas do convênio em vigência, 83 sistemas de dessalinização já foram instalados e 20 estão em processo de instalação.

O programa existe para garantir uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano, por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas salobras e salinas. Para isso é preciso estabelecer cuidados técnicos, ambientais e sociais na implantação e gestão de sistemas de dessalinização, temas que serão abordados no encontro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário