quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Herculano Campos assina termo de posse como presidente da Fundase/RN

Nomeado presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase/RN) desde março deste ano pela governadora Fátima Bezerra, Herculano Campos tomou posse nesta quarta-feira (16).

A assinatura do documento era vinculada à cessão temporária concedida pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde Herculano atua como professor efetivo do departamento de Psicologia. O ato foi publicado pelo Ministério da Educação em 18 de setembro, possibilitando a efetiva tomada de posse no cargo estadual.

O termo de posse foi também assinado pela secretária de estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Iris Oliveira, pasta a qual se vincula a socioeducação. O momento contou ainda com a presença de outros gestores da Fundação.

Sobre o presidente

Herculano Campos possui Doutorado em Educação pela UFRN e pós-doutorado em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá. É professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde atua na graduação e na pós-graduação, tendo como linhas de pesquisas 'práticas sociais e educacionais com crianças e adolescentes' e 'psicologia e educação na perspectiva histórico-cultural'.

Tem diversos trabalhos sobre a temática do contexto socioeducacional, dentre artigos, livros e orientações de dissertações. Foi membro do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua, faz parte do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca) Casa Renascer e do Observatório da População Infanto-Juvenil em Contextos de Violência (Obijuv), do Departamento de Psicologia da UFRN.

Em 2016, participou da equipe que realizou o Projeto Político Pedagógico da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase-RN), no período da intervenção judicial, a partir de uma imersão realizada pelo OBIJUV. O projeto teve como objetivo construir uma proposta socioeducativa inovadora, em consonância com o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).





Nenhum comentário:

Postar um comentário