segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Audiência Pública de conscientização e diagnóstico do Câncer Infantojuvenil

Inserido na Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, será realizado um debate acerca da conscientização e diagnóstico do câncer infantojuvenil, a campanha Setembro Dourado. A Audiência Pública de propositura do deputado estadual Hermano Morais está marcada para esta quinta-feira (05), a partir das 14h, no Plenário Cortez Pereira, na Assembleia Legislativa.

O câncer representa a primeira causa de mortalidade por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 18 anos no Brasil. Segundo os dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), anualmente, são mais de 10 mil casos novos registrados nessa faixa etária, sendo em torno de 150 só no Rio Grande do Norte.

Frente a essa realidade, a Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), o Hospital Infantil Varela Santiago e a Liga Norte Riograndense contra o Câncer e a Prefeitura do Natal, realizam durante este mês a Campanha Setembro Dourado, visando conscientizar a sociedade quanto à importância do diagnóstico precoce.

As ações educativas e preventivas visam divulgar os principais sinais e sintomas, visto que dentre os casos diagnosticados, muitos são encaminhados aos centros de tratamento com a doença já em estágio avançado. Perda de peso contínua, dor nos ossos e articulações, cansaço constante, febre persistente, dores de cabeça e aumento do volume da barriga são alguns dos sintomas encontrados para o referido tipo de câncer.

A ciência ainda não identificou os fatores de risco. Sendo assim, pais, avós, cuidadores, professores, médicos, dentistas e todos que assistem as crianças, devem estar atentos aos sinais e sintomas. O diagnóstico precoce é a principal arma para esta patologia, visto que quando um caso de câncer infantil é diagnosticado precocemente as chances de cura ficam em torno de 70%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário