terça-feira, 6 de agosto de 2019

Ocupação hoteleira no RN sofre queda no mês de julho e preocupa setor

A ocupação hoteleira no Rio Grande do Norte em julho de 2019 ficou abaixo do registrado no ano passado em Natal, Pipa e Mossoró. De acordo com dados repassados pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), José Odécio, em Natal, no mês de julho, a ocupação hoteleira ficou em 65%, contra 76% no mesmo mês do ano passado.

Na praia da Pipa, litoral Sul do estado, foi registrada uma ocupação de 58% em julho desse ano, contra 63% no mesmo mês de 2018; já em Mossoró, na região Oeste do estado, a ABIH registrou 56% em julho último, contra 63% em julho de 2018.

De acordo com José Odécio, os números de julho refletem o que ele chamou de “crise aérea”. “Preocupa bastante o setor, em face de que os nossos concorrente estão muito mobilizados e as passagens aéreas para os nossos concorrentes são muito mais baratas”, pontuou, durante entrevista ao Hora Extra da Notícia (91.9 FM) desta segunda-feira (05).

Ele destacou a importância do Governo do Estado ter reduzido o ICMS do querosene de aviação (QAV), mas acrescentou que é preciso continuar o trabalho de divulgação do estado e tornar Natal uma cidade melhor para o visitante. “Isso vai fazer com que haja valorização do produto turístico Natal”, finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário