quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Enfermeiros são capacitados para classificação de risco no pré-natal

A pretensão de qualificar a atenção à gestante, fortalecendo a rede materno-infantil, resultou em capacitação ministrada aos enfermeiros dos três setores das Estratégia Saúde da Família (ESF), nesta semana. A assistência ao pré-natal, com ênfase no acolhimento com classificação de risco, permeou o estudo, dirigido pelo ginecologista obstetra Anderson Lopes.

“Isso melhora o desempenho das equipes, ao mesmo tempo que potencializa o nosso atendimento”, expressou Diego Vasconcelos. Consoante o profissional, a identificação das ameaças apresentadas pelas pacientes, em qualquer etapa dos nove meses de gravidez, facilita o fluxo nas unidades. 

O funcionamento do sistema de referência e contrarreferência – fundamentado em uma troca eficaz de informações entre os diferentes níveis assistenciais –  é outro fator a obter vantagens da ocasião. Visto que o auxílio dedicado pela Prefeitura Municipal de Encanto aos usuários não se esgota nos procedimentos da Atenção Primária.

A qualificação ainda concorre, segundo Diego, para a melhoria do saber de cada enfermeiro. “Porque às vezes a gente tem essa necessidade, de estar se renovando e buscando novos conhecimentos”, relatou, ao ratificar a relevância de uma instituição investir no aprimoramento da capacidade do seu quadro de colaboradores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário