quinta-feira, 25 de julho de 2019

Coordenação municipal acredita no fortalecimento da cultura

“Quando você tem um suporte de forragem, você pensa em melhorar o seu rebanho”. A opinião manifestada pelo coordenador de Agricultura de Encanto, Francisco Júnior Nascimento, expressa a confiança do Poder Executivo diante da chegada do programa “Semeando Esperança no Alto Oeste Potiguar”, que propõe fortalecer a bovinocultura, gerando renda aos munícipes.   

Baseada no cultivo da palma forrageira adensada, consorciada e irrigada por gotejamento de água de reuso, a realização do Serviço de Apoio a Projetos Alternativos Comunitários (SEAPAC) pautou encontro na tarde de ontem, 24, no auditório da Câmara de Vereadores, circunstância na qual órgãos parceiros, trabalhadores rurais e suas representações legais estiveram reunidos a fim de socializar informações.

Conforme afirmou Júnior, o programa está previsto para começar no mês de setembro, com visitas técnicas às 23 famílias a serem contempladas, para a composição de um diagnóstico. Além do acompanhamento profissional, os produtores receberão raquetes (sementes); outrossim, em dois desses grupos familiares será implantada uma unidade demonstrativa (campo de demonstração dos resultados da tecnologia gerada).

Principal apoiador da ação, o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) contribuiu à efetivação da reunião, exemplo seguido pelo Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER). Esta última instituição aproveitou o momento para apresentar à plateia alguns projetos do Governo do Estado, voltados à produção de feno e ao melhoramento genético, debates que tendem a crescer no cenário local.





Nenhum comentário:

Postar um comentário