Carnapau

Carnapau

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Quando teremos nossa Natal pacata e acolhedora de volta???

Texto do Padre Júlio publicado no face

Os bons morrem primeiro???
Cada um tem sua hora marcada para morrer???
Por que Alex França???
Nenhuma dessas perguntas faz sentido agora...
A grande pergunta é: quando teremos a nossa Natal pacata e acolhedora de volta???
Alex: seguidor de Cristo, anunciador da boa nova, distribuidor de alegria na música (especialmente no Swing), colaborador da formação sacerdotal como educador físico, amigo e companheiro das tardes na Cúria Metropolitana, filho dedicado, irmão preocupado (não é Rogério França?) e tantos outros atributos...
Alex: assaltado, humilhado, alvejado por bala, mártir da violência que assola a cidade do Natal.
O Segue-me e a Paróquia da Cidade da Esperança estão de luto. Mas não só eles: todo cidadão que sai para trabalhar, todo pai que os filhos saem para visitar os amigos, todo trabalhador que se arrisca para conseguir o pão de cada dia para seus filhos, toda mãe que fica angustiada em casa até que seus filhos cheguem do estudo, do trabalho, do lazer, de onde for, todo jovem que vive e quer viver, toda criança que perde a alegria e a esperança a cada dia...
Devolvam a nossa cidade da paz, do natalense, do visitante, do vizinho, do amigo, do irmão...
Hoje foi Alex... Ontem foram outros... Antes de ontem outros mais... Amanhã??? E depois de amanhã??? E no outro dia???
Viveremos sempre nesta insegurança??? Devemos rezar muito pedindo que Nossa Senhora interceda por nós e nos devolva a Esperança... Mas devemos lutar e trabalhar para que todos tenham dignidade de vida e a justiça social seja implantada em nosso meio. Sem isso a segurança será sempre um sonho.
O grande momento vem aí... Iremos devolver as "chaves" do estado aos que nos prometeram melhorias e até hoje não apresentaram nada de novo??? E não olhemos somente para o momento atual... É uma consequencia de anos de falta de investimento na educação dos nossos jovens, na geração de empregos, no assistencialismo que rende dividendos eleitorais.
Os mártires dão sua vida para salvar a vida dos outros. Alex teve sua vida ceifada. É mártir. Deixemos que ele salve a nossa.
Vá em paz, guerreiro da fé, combatente da esperança, distribuidor do amor. E lá, na casa do Pai, na primeira oportunidade que tiver diga a Ele: "Escuta o clamor do teu povo que, no Egito de hoje chamado Natal, sobe ao céu para tocar o teu coração!".
Valeu irmão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário