quarta-feira, 12 de abril de 2017

Pela construção da paz

Na manhã desse domingo, 9, a comunidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu a notícia do assassinato do servidor José Wilson de Souza, de 59 anos. Ao mesmo tempo em que a instituição se solidariza com os familiares da vítima e cumpre com os trâmites legais de assistência, repudia toda e qualquer forma de violência - física, moral, psicológica, sexual.

Perplexos com a tragédia da violência que assola o mundo interior, agradecemos às manifestações de pesar ao servidor e de condolências à instituição e família de JOSÉ WILSON SOUZA, enviadas por reitores de instituições do RN e do País, secretários de governo, professores, gestores, pesquisadores, técnicos, superintendentes, coordenadores e jornalistas. Entre as mensagens, o compromisso ratificado pelo Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do RN, Caio Bezerra, de empenhar-se para solucionar o crime e apoiar a Polícia Federal no que couber.

José Wilson de Souza era servidor da UFRN desde 18 de maio de 1978. Com quase 40 anos de vida profissional reconhecida na UFRN, foi morto antes de chegar ao local onde cumpriria mais uma atividade do trabalho. Mais que lamentar o ocorrido, essa instituição abomina veementemente práticas sociais que coloquem a comunidade universitária na contramão da construção da paz.
Natal, 10 de abril de 2017.

Ângela Maria Paiva Cruz
Reitora

José Daniel Diniz Melo
Vice-reitor


Com informações de Sirleide Pereira – ASCOM – Reitoria/UFRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário