terça-feira, 6 de outubro de 2015

Wilma de Faria crítica fechamento de usina de biodiesel

A série de mensagens foi publicada no seu perfil oficial do twitter, @wilmadefaria

A ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, usou sua rede social Twitter para se posicionar sobre o fechamento da operação comercial da Usina de Biodiesel de Guamaré. Nas postagens feitas nesta segunda-feira, dia 5, a presidente do PSB/RN ressaltou sua consternação com a notícia, confirmada pela assessoria de imprensa da Petrobras. A planta foi conquistada e construída durante o seu governo, em 2006.

“Estou triste com o fim da operação comercial da Usina de Biodiedel de Guamaré, conquistada e inaugurada durante meu governo. Motivo de orgulho para todos nós. Lutamos muito para que esse sonho fosse realizado. Buscamos, incansavelmente, por apoio e parcerias em Brasília”, disse Wilma.

Nas postagens, a peessebista ainda relembrou suas lutas na área. “Sabíamos que, além do efeito positivo ao meio ambiente, a usina proporcionaria emprego e renda no RN, alavancando a economia estadual. Recordo ainda da nossa luta pela interiorização do gás natural e implantação de usinas eólicas, trazendo altos investimentos da Petrobras para o Estado. Graças a isso, hoje o RN é considerado o maior produtor de energia eólica do Brasil, além de ser reconhecido internacionalmente”.

A ex-governadora finalizou a sequencia de tweets dizendo: “Portanto, me somo ao Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte (Sindipetro-RN) e trabalhadores no sentimento de 'repúdio' por essa perda para a categoria, e, principalmente para o Estado”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário