sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Vereadora Eudiane Macedo promove ação sobre auto-exame e câncer de mama

A vereadora Eudiane Macedo (Solidariedade) promove ação na esquina das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, hoje sexta-feira (09), para distribuição de panfletos sobre a importância do auto-exame no auxílio ao diagnóstico precoce do câncer de mama, dentro do Outubro Rosa. O panfleto confeccionado pelo mandato da vereadora contém informações sobre o passo a passo do auto-exame, com imagens, importância das consultas periódicas com o mastologista, exames indicados por faixa etária e fatores de risco.

Quanto mais cedo a mulher começar a fazer o auto-exame, melhor. Além disso, a partir dos 20 anos, é indicado fazer o exame clínico da mama com ginecologista ou mastologista. Aos 35 anos, deve fazer a primeira mamografia de controle.  A partir dos 40 anos, as mulheres devem fazer exame clínico todos os anos e mamografia uma vez a cada dois anos. A partir dos 50 anos, a indicação é de exame clínico e mamografia uma vez ao ano.

Dentre os fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de mama estão: histórico de câncer na família, principalmente parentes de primeiro grau, idade avançada, idade precoce da primeira menstruação, menopausa tardia (após os 50 anos), gravidez tardia (após os 30 anos) e não ter tido filhos.

“Informação é a maior arma que nós temos na prevenção e diagnóstico precoce de várias doenças, e no caso do câncer de mama isso é ainda mais importante. Sabemos que descobrir a doença no seu início representa uma chance de 95% de cura. As mulheres têm perder a vergonha de se tocar, devem fazer sim o auto-exame, conhecer seu corpo e se encontrarem alguma alteração procurar o médico. A agente faz esse alerta no Outubro Rosa, mas o cuidado deve ser constante”, afirmou a vereadora Eudiane Macedo.

Esta é a segunda ação que a vereadora Eudiane Macedo promove em 2015 e é uma marca da sua atuação. Em junho, no Dia de Conscientização da Violência Contra o Idoso com distribuição de panfletos com informações sobre os direitos das pessoas acima dos 60 anos e canais para denúncia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário