quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Centro de Apoio à Mídia na Copa do Mundo entra em fase de implantação

Representantes do Governo do Estado, UFRN, Prefeitura de Natal, Fiern e Sebrae realizaram nesta quarta-feira, 29, no Laboratório de Comunicação da UFRN, a 4ª reunião preparatória de formatação do Centro de Apoio à Mídia que será montado em Natal durante a realização da Copa do Mundo de 2014, nos meses de maio, junho e julho.

Batizado de PressPoint, o Centro servirá como base para 200 jornalistas do Brasil e exterior aprovados num credenciamento para fazerem reportagens sobre diversos assuntos que digam respeito ao Rio Grande do Norte, para além do aspecto futebolístico do Mundial. “Funcionaremos como uma base avançada de troca de informações entre academia, governos, instituições privadas e a imprensa”, explicou José Zilmar, superintendente de comunicação da UFRN.

Dentro de 15 dias, entrará no ar o site por meio do qual os interessados poderão solicitar o credenciamento, conferir a programação oferecida pelas instituições parceiras, buscarem informações sobre hospedagem e outros serviços oferecidos em Natal e conhecer os termos de contrapartida para utilizar o PressPoint. O Centro também vai funcionar, em horários alternativos, nas sedes do Sebrae e da Fiern, mais próximos ao estádio Arena das Dunas.

 Na próxima sexta-feira (31) e sábado (1), o projeto-pioneiro entre as doze cidades-sede será apresentado à Associação de Correspondentes de Imprensa Estrangeiros no Brasil (ACIE) e à Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) em conjunto por José Zilmar, da UFRN, o secretário de comunicação do Governo do RN, Paulo Araújo, e o secretário-adjunto de comunicação da Prefeitura de Natal, Marcos Alexandre, no Rio de Janeiro.

 “Vamos solicitar à essas duas instituições o apoio na divulgação do Centro em seus países de origem e também deixar bem claro que não se trata apenas de uma alternativa para quem não for credenciado pela Fifa”, explicou Araújo. “O PressPoint vai se transformar na grande porta de acolhida da imprensa estrangeira em Natal durante a Copa do Mundo, período em que estimamos em pelo menos 3 mil o número de profissionais que visitarão à nossa cidade-sede em busca de história, cultura, gastronomia, turismo, economia, arte e outros assuntos importantes do Estado”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário