quarta-feira, 29 de maio de 2013

Investimento e crescimento caminham juntos, diz Felipe Maia

Investimento e crescimento caminham juntos. Com essa afirmação o deputado federal Felipe Maia (DEM) lamentou os baixos repasses para infraestrutura do país nos últimos anos. Dados divulgados pelo FMI em abril deste ano mostram que países em desenvolvimento investiram, em média, 31,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em infraestrutura, em 2012. O Brasil aplicou apenas 18,1%.

 “Crescimento de um país significa geração de emprego e renda e bem-estar da população. No entanto, o governo insiste em utilizar seu modelo econômico ineficiente e investe menos do que a maior parte dos países em desenvolvimento, que chegam a aplicar o dobro na capacidade produtiva. A consequência é o crescimento lento e a inflação crescente. Afinal, investimento e crescimento de um país caminham juntos”, disse.

De acordo com o parlamentar, ao avaliar a atuação do governo federal como indutor de investimento, é possível entender o motivo de o Brasil estar tão atrás dos demais países em desenvolvimento. No Orçamento de 2012 a previsão de investimento era de R$ 115 bilhões (2,6% do PIB). Entretanto, o governo investiu apenas metade desse valor, R$ 66 bilhões (1,52 do PIB).

“O resultado é o crescimento praticamente nulo da economia. Hoje o IBGE divulgou que o crescimento do primeiro trimestre foi de apenas 0,6% em comparação com os últimos três meses de 2012. O número só não foi menor porque o agronegócio avançou 9,7% nesse período”, destacou Felipe Maia. Foto: Renato Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário