terça-feira, 26 de março de 2013

UFRN inaugura ampliação da Escola de Enfermagem de Natal


A Escola de Enfermagem de Natal (EEN), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), inaugurou na tarde dessa segunda-feira, 25, a ampliação feita no prédio. O investimento da obra foi de R$ 1.960.000,42, com 1.297,96 m² de área construída, em três pavimentos. Com a reforma, será possível aumentar a oferta de vagas e melhorar a qualificação do profissional da saúde.

Na ampliação, realizada pela Superintendência de Infraestrutura (SIN) da UFRN, foram construídas seis salas de aulas com 50 lugares; dois laboratórios de práticas corporais; um almoxarifado; seis salas de professores com acomodações para seis docentes; uma sala para reuniões; uma sala para grupo de pesquisa; e uma copa.

Para a reitora da UFRN, Ângela Paiva Cruz, a obra vem atender a oferta crescente de cursos técnicos, de graduação e de pós-graduações. “A Escola possui atualmente 1.128 estudantes matriculados. Acrescentando-se a este total o número de alunos, que frequentam cursos de formação inicial, como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), iremos atingir um total de 3.228 matrículas”, disse.

Além da reitora da UFRN, Angela Paiva Cruz, alunos, professores e servidores técnico-administrativos, estiveram presentes na inauguração, a diretora da Escola de Enfermagem de Natal, Gilvânia Magda Luz de Aquino; o secretário adjunto de Saúde do Estado, Marcelo Bessa; a secretária adjunta do Município de Ação Social, Maria José de Medeiros; o superintendente da SIN, Gustavo Rosado Coelho; a vice chefe do Departamento de Enfermagem, Cícera Maria Braz; a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem, Maria Celi Azevedo Viana; e a ex-diretora da EEN, Edilene Rodrigues da Silva.

A cerimônia foi iniciada com a apresentação do Grupo UFRN Cellos, da Escola de Música da UFRN, e no encerramento foi feita uma homenagem à professora Edilene Rodrigues, pelo seu trabalho na EEN.


Escola de Enfermagem de Natal

A Escola foi criada em 1955, como Escola de Auxiliares de Enfermagem de Natal, pelo então diretor da Sociedade de Assistência Hospitalar, Januário Cicco, e começou a funcionar no Hospital Miguel Couto, hoje Hospital Universitário Onofre Lopes. Com a reforma do ensino universitário em 1968 e do nível médio em 1971, a Escola teve sua estrutura física e pessoal cedida ao Departamento de Enfermagem. Para assegurar a oferta dos cursos de Auxiliar e Técnico em Enfermagem, em 1980, a UFRN firmou convênio com a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura.

Já em 1990, com a filiação ao Conselho Nacional de Diretores das Escolas Técnicas vinculadas às Universidades Federais (CONDETUF), o trabalho voltou a ser desenvolvido na condição de Escola garantindo autonomia financeira e pedagógica. Em 1999, passou a denominar-se Escola de Enfermagem de Natal. Hoje trabalha nos níveis de formação básica, técnica, graduação e pós-graduação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário