quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Deputado denuncia demora em realização de provas praticas do DETRAN prejudica trabalho das auto-escolas

A falta de infra-estrutura e de servidores para a realização de exames práticos no Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) vem prejudicando o trabalho das Auto-escolas do interior do Rio Grande do Norte, principalmente de cidades pólos como Apodi, Areia Branca, Assú, Caraúbas, Currais Novos, Santa Cruz, Macau, Jucurutu, Pau dos Ferros, Caicó, Nova Cruz, Currais Novos e outros municípios.

O descaso foi mostrado pelo vice-presidente da Assembléia Legislativa, deputado Gustavo Carvalho (PSB) durante a sessão dessa terça-feira, que cobrou providencia em regime de urgência ao DETRAN através de requerimento aprovado pela mesa diretora do legislativo potiguar e encaminhado para a governadora, Rosalba Ciarline (DEM) e ao diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN/RN), Antônio Willy Saldanha, solicitando a realização de um mutirão para realização de exames de volante atrasados em varias cidades do interior do estado.

Na região do Médio e Alto Oeste, os proprietários de Auto-Escola, instrutores e alunos se queixam, que devido um escândalo registrado no DETRAN de Mossoró, foi feita uma paralisação de cerca de 90 dias na realização dos exames de volante, e agora os examinadores do DETRAN, só estão fazendo os testes de volante, uma vez ao mês e somente com 30 alunos.

“Nas Auto-Escolas do interior existem centenas de alunos já formados, aguardando somente que o DETRAN realize o teste de volante. Em Apodi o empresário Eliesio Gomes, proprietário da Auto Escola Apodi, esta com cerca de 300 alunos formados há quase quatro meses aguardando, e todo mês forma mais 60, enquanto isso o DETRAN só dispõe de condições pra realizar apenas 30 testes ao mês. Lamentável. Um verdadeiro descaso com o cidadão potiguar”, comentou o deputado Gustavo Carvalho.

A reportagem apurou que em todas as cidades pólos do interior do Rio Grande do Norte, onde existem Centros de Formação de Motoristas, isso vem acontecendo. Motoristas e alunos de auto-escola estão se queixando da falta de infra-estrutura do DETRAN para a realização das provas práticas necessárias para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo o parlamentar, o ideal seria que o DETRAN realizasse um mutirão nas cidades pólos para atender as demandas das auto-escolas. Isso é um desejo de todos os proprietários de Centro de Formação de Motoristas.

Para o deputado Gustavo Carvalho, o Governo do Estado precisa ver com bons olhos o trabalho realizado pelas auto-escolas, pois essas empresas além de formar os motoristas, ainda geram emprego em suas cidades e regiões de atuação.

“Vou pessoalmente falar com a direção do DETRAN e cobrar a realização de um mutirão para resolver esse grave problema. Os donos de auto-escola do RN pedem apenas mais estrutura do órgão no interior. Esse impasse tem provocado prejuízos e aumentado a demora para marcar o exame prático para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)”, alertou o deputado que ver o problema como um retrocesso. Na medida em que a população aumenta, o atendimento feito pelo estado retrai. Se o DETRAN continuar tratando as auto-escolas dessa forma a situação tente a ficar cada vez pior.

Todos os Centros de Formação do Estado vêm registrando problemas, em decorrência da carência de fiscais das provas, principalmente de exame prático de direção. Os alunos já formados pelos Centros de Formação não estão podendo executar as provas praticas, causando uma série de seqüelas, como transtornos e reclamações dos alunos. Há casos de pessoas com emprego garantido, uma vez que faltava apenas a Carteira Nacional de Habilitação para ingressar no mercado de trabalho. Espera que o quadro de examinadores seja incrementado, porque a demanda de procura de candidatos tende a aumentar cada vez mais. Por isso, Senhor Presidente, deputados acho que é necessário que o DETRAN busque em regime de urgência uma saída para esse grave problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário