quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Nina Souza participa de reunião com equipe de saúde odontológica de Natal

A vereadora Nina Souza esteve reunida na manhã desta quinta-feira (19) com a equipe do Centro de Referência Odontológica Morton Mariz, vinculado à Prefeitura do Natal. O espaço desenvolve um trabalho de excelência ligado ao atendimento de urgências odontológicas para a população natalense. Contudo, está passando por algumas dificuldades e precisando de insumos básicos como medicamentos e um desfibrilador automático. O aparelho é de extrema importância em caso de algumas ocorrências com pacientes, como paradas respiratórias ou arritmias. A parlamentar se prontificou a ajudar na solução dos problemas e, muito em breve,  realizará a entrega dos equipamentos para que as equipes possam executar suas atividades, ajudando cada vez mais os cidadãos de Natal.


Com a equipe do Centro de Referência Odontológica Morton Mariz

Vem aí Lulu Balada Vip no Requinte Buffet... Já confirmei presença!!!


Foto: PGE/RN
Termina às 17h desta sexta-feira (20) o prazo de inscrição para as instituições de direito privado interessadas em prestar consultoria ao Governo do Rio Grande do Norte no detalhamento do quadro de ações do Plano Estadual de Segurança Pública (PESP) e na modelagem do Sistema de Governança da área.  De acordo com o aviso de manifestação de interesse publicado pelo Projeto Governo Cidadão, a seleção é aberta a fundações, associações, sociedades e organizações não-governamentais.

As manifestações de interesse deverão ser encaminhadas à Comissão Mista Especial de Licitação do Projeto (CMEL), na Unidade de Gerenciamento do Projeto Governo Cidadão, localizada no andar térreo da Secretaria do Planejamento e das Finanças (Seplan), com a documentação comprobatória exigida, em envelope lacrado, seguindo o padrão do aviso de manifestação de interesse disponível no link: http://bit.ly/2kMfNqG.

A otimização dos sistemas de gestão, acompanhamento e monitoramento da política de segurança pública vai produzir ainda um círculo virtuoso no Estado, de modo a viabilizar o acesso a parcerias e a injeção de recursos e investimentos, por parte do Governo Federal ou qualquer entidade interessada na redução dos níveis de violência verificados atualmente no Rio Grande do Norte.

“Além do apoio à elaboração, implementação e monitoramento do Plano Estadual de segurança pública, a consultoria trabalhará no aprimoramento de atividades estratégicas, no planejamento de intervenções temáticas, direcionados à redução da violência e criminalidade”, pontuou Ana Guedes, gerente executiva do Governo Cidadão, que lembrou ainda que as instituições elegíveis que estejam interessadas na prestação dos serviços devem manifestar interesse por meio de correspondência acompanhada de informações que comprovem experiência e competência necessária para desempenhar os serviços, bem como a capacidade técnica adquirida a partir da realização de trabalhos semelhantes já realizados.

Escolas apresentam na Câmara projetos literários de sucesso

Foto: Marcelo Barroso
A Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura da Câmara Municipal de Natal, coordenada pela vereadora professora Eleika Bezerra (PSL), recebeu nesta quinta-feira (19) professores, gestores e alunos que apresentaram projetos de leitura bem sucedidos que executam em suas respectivas escolas. Foram apresentados projetos das escolas Presidente Kennedy, Professor Herly Parente, Monsenhor José Alves Landim, Professor Hegésippo Reis, Professor Carlos Bello Moreno, Irmã Arcângela e Professora Teresinha Paulino, além dos CMEI's Amor de Mãe e Professora Fernanda Jales.

“Precisamos aprender a ler mais e melhor e encontrar o encantamento da leitura. Escolas que têm melhor desempenho no aprendizado dos alunos têm relação com atividades consistentes ligadas à leitura. Não se faz uma nação sem educação e isso começa pela base. O livro e a leitura são instrumentos fundamentais para isso”, disse Eleika.

Em determinados momentos da reunião, alunos declamaram poesias e fizeram apresentações de leitura, enquanto professores relataram como a leitura ajudou no aprendizado e reforçou outras habilidades. Estudantes vestidos de personagens da Turma da Mônica também compareceram à reunião da Frente. Eles integram o projeto Gibiteca Itinerante, da Escola Municipal Irmã Arcângela, no bairro do Igapó, na zona Norte.

A coordenadora do projeto, Conceição Lourenço, explicou que iniciou o projeto em 2011 na escola usando gibis. "O projeto fez com que os alunos também melhorassem o aprendizado em várias áreas e estimula no processo de leitura e a criatividade, porque a partir das historinhas em quadrinhos, eles despertam para outros níveis de leitura", disse. Monitores levam os gibis às salas e crianças também se fantasiam dos personagens tornando as atividades mais lúdicas.

Já na Escola Herly Parente, também no Igapó, uma geladeira se transforma em “Gelateca”, que conta ainda com o projeto “Livros Livres”. “A ideia é de que os professores podem planejar sua atividade na geladeira por temas, mas também é disponibilizado o acesso livre, em que pais e parentes têm acesso aos livros. O acervo é fonte de doações que também conta com a participação dos pais de alunos”, explicou a diretora pedagógica, Anamelcia Pereira.

Algumas escolas foram tão exitosas em seus projetos literários que até receberam prêmios e os aplicaram na ampliação do trabalho de leitura. É o caso da Escola Carlos Bello Moreno, em Neópolis, zona Sul, que reformou a biblioteca graças ao prêmio Escolas de Leitores. Lá, são promovidas oficinas de leitura com empréstimo de livros, formação de professores, seminário, calçadão literário, sarau e pipocaria literária.

Outro projeto premiado é o “Do berçário à família - com leitura e com afeto”, do Centro Municipal de Educação Infantil Amor de Mãe, na Praia do Meio, zona Leste, que faz com que as crianças tenham a primeira vivência com a leitura já aos seis meses de idade. "O prêmio enriqueceu nosso projeto em formação, acervo e ambientação. Partimos do princípio de que, da barriga da mãe a criança já ouve a leitura. No CMEI, aos seis meses a criança já tem esse contato visual e manual com os livros, além da contação de histórias", explica  Nayra Matheus, mediadora de leitura. As atividades também envolvem os pais dos alunos, integrando a família no processo de leitura.


Texto: Cláudio Oliveira

Palhaço Facilita recebe Título de Cidadão Natalense

Natural da cidade de São José da Laje, no interior alagoano, José Nilton Mariano da Silva, o Palhaço Facilita, é o novo cidadão natalense. Com muita alegria, na noite desta quarta-feira (18), ele foi agraciado com o título de Cidadão Natalense de propositura do vereador Dagô do Forró (DEM). Residente há 40 anos na cidade de Natal, o Palhaço Facilita chegou ao Rio Grande do Norte com 13 anos de idade. Aqui, ele construiu uma legião de fãs e foi responsável por levar alegria e muita diversão a pessoas dos diversos bairros da capital, principalmente em áreas mais carentes.

Para a vereadora Divaneide Basílio (PT), que durante sua infância acompanhava os espetáculos, a homenagem é bastante merecida. “Eu acho muito importante, porque circo é uma coisa séria e nós estamos falando de lazer, dentro das possibilidades de as pessoas terem acesso a cultura. Então, logo nós que apoiamos a cultura, não poderíamos estar de fora dessa linda homenagem a esse ícone da nossa cidade, inclusive minha infância foi regada a muita alegria assistindo aos espetáculos do palhaço Facilita”, destacou Divaneide.

Cunhada do homenageado, Amanda Costa fala do orgulho que é ver o palhaço Facilita receber a homenagem da Câmara Municipal do Natal. “Para nós, como família é motivo de orgulho, porque o Palhaço Facilita faz parte da história do estado. Hoje ele não tem mais aquele grande circo, mas o pequeno circo que ele tem beneficia milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade social, levando a arte a cultura. Então, nós como familiares estamos muito orgulhosos por esse reconhecimento e parabenizamos a Câmara por essa iniciativa”, declarou.

“Já estava na hora dele receber esse título. É de grande valia, já que ele está há 40 anos no Rio Grande do Norte e é um palhaço de renome. Para nossa arte é um grande incentivo acompanhá-lo recebendo essa homenagem”, acrescentou o presidente da Associação dos Circos do RN, Luciano Nascimento.

José Nilton, o Palhaço Facilita, agradeceu o reconhecimento. “Um homem de circo como eu sou, cheguei aqui muito novo e construí um patrimônio, que foi o povo de Natal e do Rio Grande do Norte. Eu tenho uma coisa que falo: eu não tenho família e ao mesmo tempo eu tenho a maior família do mundo, que é o povo do Rio Grande do Norte e esse é um dos maiores prêmios que eu já ganhei e que vai ficar na minha galeria”, disse Facilita. Ele também explicou como surgiu a ideia de ser o Palhaço Facilita.

“Meu nome não era Facilita, era Desmantelo. Eu era um Desmantelo mesmo, não sabia de nada. Aí no circo que eu trabalhava, Luiz Gonzaga fazia show, e eu ficava pertinho para ver, até o dia que ele chegou e perguntou porque eu não mudava o nome de Desmantelo para Facilita, que era uma música dele. Aí foi sucesso e me deu muita alegria”, explicou.

“Eu antes de ser vereador já gostava de Circo, inclusive já brinquei de palhaço no circo. Então eu vou dar esse título de Cidadão Natalense a ele porque ele merece. Está há 40 anos aqui e estou muito feliz, assim como toda Natal que em cada pedacinho da cidade já teve a oportunidade de se alegrar com os espetáculos e as atrações do circo do Palhaço Facilita”, acrescentou o vereador Dagô do Forró (DEM).


Vereadores Preto Aquino, Dagô do Forró, Divaneide Basílio
e Ary Gomes com o Palhaço Facilita.

Texto: Kehrle Junior
Fotos: Verônica Macedo

Site: Câmara Municipal de Natal

TRT-RN: Ministro Cláudio Brandão encerra Semana da Execução com pagamento de dívidas da Brasinox

O ministro Cláudio Brandão (TST), coordenador nacional da Execução Trabalhista, encerrará a 9ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, nesta sexta-feira (20), no Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), em Natal.

Cláudio Brandão
Cláudio Brandão participará de uma audiência de cooperação judicial, no CEJUSC Mar do TRT-RN, para pagamento de 178 ações trabalhistas e previdenciárias da Brasil Inoxidáveis S/A (Brasinox), que tramitam contra a empresa, desde 1992, no valor de R$ 23 milhões.

Parte desse valor quitará a dívida trabalhista da empresa com os trabalhadores, que totaliza R$ 11.333.268, 49 e mais R$ 12.147.843,31 devidos à Previdência Social.

Numa parceria inédita, serão transferidos, no mesmo ato, para os cofres da Justiça Federal e do Tribunal de Justiça do Estado, valores suficientes para quitar, também, dívidas de tributos federais e estaduais.

Os recursos utilizados para quitação desses processos foram levantados pelo TRT-RN com a venda direta de uma área de 94.380 m², onde funcionou o complexo industrial da Brasinox, no Distrito Industrial de Parnamirim, pelo valor R$ 51 milhões 909 mil, no mês de maio deste ano.